Apresentação

De 27 de Julho a 4 de Agosto, irá realizar-se em Montalegre a II Edição do ESTÁGIO DE VERÃO – FESTIVAL MÚSICA JÚNIOR.

apresentacao_1

Cerca de 150 a 200 estudantes, oriundos das melhores escolas de música de Portugal e de Espanha estarão ao longo de 9 dias em intensa actividade musical, com ensaios de Naipe e Tutti, Master-Classes, concertos da Orquestra de Cordas e Orquestra Sinfónica, Big Band e Coro, supervisionados por um colectivo dos melhores professores dos dois países, num ambiente musical único e com especial sabor das férias.

Este ano, será dado mais um passo no desenvolvimento de um Festival de Música Erudita e de Jazz de âmbito Internacional vocacionado para uma faixa etária entre os 8 e os 21 anos de idade, com o objectivo divulgar o potencial artístico/musical dos jovens talentos.

Este curso caracteriza-se pelo seu ambiente musical único, resultante da partilha de experiências entre participantes e que, estimulados por uma grande exigência musical, irão evoluir de uma forma surpreendente.

O Estágio de Verão em 2012, foi dedicado à Música Jazz e contou com mais de 160 participantes, que partilharam o palco com dois dos maiores músicos nacionais – Mário Laginha e Maria João – actuando nos concertos finais em Montalegre e Vila Real, para cerca de duas mil pessoas.

O sucesso do FESTIVAL MÚSICA JÚNIOR é incontornável e particularmente significativo por envolver cada vez mais escolas, mais alunos e mais parceiros numa celebração conjunta à juventude e à música.

Os professores deste Festival serão os principais artistas nos principais concertos de descentralização, estando contemplados concertos em várias localidades da região.

SINOPSE

apresentacao_2

 

O HUMOR E A MÚSICA foi o tema escolhido para a edição deste ano do FESTIVAL MÚSICA JÚNIOR que decorre em Montalegre e que apresenta os seus concertos de finais em duas localidades: Montalegre a 2 de Agosto e EuroParque a 4 de Agosto (inserido no 36º Festival Internacional de Música de Paços de Brandão).

O espectáculo conta com a participação de mais de 150 jovens músicos nacionais e espanhóis, que após uma semana de intensa actividade musical integrando um Coro, uma Big Band, uma Orquestra de Cordas e uma Orquestra Sinfónica apresentam neste concerto todo o seu valor musical e artístico.

Depois do JAZZ no ano anterior, com a participação de Mário Laginha e Maria João, cabe este ano ao humorista Carlos Moura o desafio de desvendar a Ironia e o Humor que se escondem por detrás da aparente seriedade de algumas obras primas da Música Erudita ou do virtuosismo dos solos instrumentais dos Standards de JAZZ.

Este espectáculo é a colectânea resultante de uma selecção de obras de compositores clássicos como Vivaldi ou Ravel e de individualidades do Jazz, Pop, Rock e até mesmo do Rap em momentos onde se alia o humor à performance.
Carlos Moura

Em suma, um espectáculo que apresenta em flashback

                                           TODA A HISTÓRIA DA MÚSICA…

                                                                      …excepto as partes que não nos interessam!!!